zygmunt bauman: vivemos tempos líquidos. nada é para durar | O CLARO: "Relacionar-se é caminhar na neblina sem a certeza de nada".

zygmunt bauman: vivemos tempos líquidos. nada é para durar
Boa noite a todas e todos.

Eu continuo nadando contra a correnteza. 

Não me adapto a este perfil de amizades fast food. 

Eu me reservo o direito de lidar com pessoas que eu gosto e que gostem de mim.

Não posso abrir mão do merecido amor, cuidados, gentileza, carinho, incentivo e críticas edificantes. Na vida concreta estamos sempre negociando, fazendo trocas e doações. 

É preciso saber distinguir o interesse de quem se aproxima de nós. Se é por amor, por prazer, afinidade, negócios ou puro extrativismo, ou seja, "vampirismo".

 "Relacionar-se é caminhar na neblina sem a certeza de nada".(trecho do texto em referência) 

Abraço fraterno.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Umberto Eco: 14 lições para identificar o neofascismo e o fascismo eterno | GGN | O CLARO: A Revista Samuel reproduz o texto de Umberto Eco Ur-Fascismo, produzido originalmente para uma conferência proferida na Universidade Columbia, em abril de 1995...

'Risco de economia permanecer estagnada é visível a olho nu', diz presidente do IBGE - 05/12/2016 - Mercado - Folha de S.Paulo | O CLARO: Triste ver nosso país indo pro buraco!

Lei que pune homofobia em SP já aplicou cem advertências e 15 multas - 07/11/2016 - Mônica Bergamo - Colunistas - Folha de S.Paulo