Ação Penal n. 470. FUNDO VISANET NÃO TINHA APORTE FINANCEIRO DO BANCO DO BRASIL. Vídeo de sessão no STF mostra intrigante questionamento que nos impõe grandes indagações.

Ação Penal n. 470.
O vídeo abaixo mostra um intrigante questionamento ocorrido no STF, ao vivo, e que nos força a refletir.
Trata-se de uma pergunta fundamental feita pelo Senhor Ministro Relator, Joaquim Barbosa, ao advogado Dr. Marthius Sávio Cavalcante Lobato, a quem o Ministro saudou pela “brilhante sustentação” em defesa de seu patrocinado, Sr. Henrique Pizzolato.
Ao responder à pergunta do Senhor Ministro, qual seja, se o Banco do Brasil tinha participação no Fundo VISANET, o advogado negou categoricamente ao Sr. Ministro Joaquim Barbosa exibindo resultado da perícia que tinha concluído ser o Fundo composto de dinheiro eminentemente privado, resultado de cada compra de cada particular que utilizasse o cartão, no caso com a bandeira Visa, cuja venda era feita por vários bancos dentre eles o Banco do Brasil, portanto não tinha qualquer aporte financeiro do BB.  
  

Advogado de Henrique Pizzolato questiona acusação



Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Umberto Eco: 14 lições para identificar o neofascismo e o fascismo eterno | GGN | O CLARO: A Revista Samuel reproduz o texto de Umberto Eco Ur-Fascismo, produzido originalmente para uma conferência proferida na Universidade Columbia, em abril de 1995...

'Risco de economia permanecer estagnada é visível a olho nu', diz presidente do IBGE - 05/12/2016 - Mercado - Folha de S.Paulo | O CLARO: Triste ver nosso país indo pro buraco!

Lei que pune homofobia em SP já aplicou cem advertências e 15 multas - 07/11/2016 - Mônica Bergamo - Colunistas - Folha de S.Paulo